domingo, 11 de outubro de 2015

♀ Morar juntos


Cada vez mais penso em como será quando acabarmos os estudos. Vamos logo viver juntos? Vamos esperar até estarmos os dois a trabalhar no que queremos? Vamos atirar-nos de cabeça ou tentar estabilizar-nos sozinhos primeiro? Sinceramente, não sei, e, até termos de pensar nisso a sério, ainda faltam cerca de três anos. Mas, ainda assim, penso nisso. Penso em como vamos dar esse passo. Quem o vai sugerir primeiro.Como será o nosso inicio de vida a dois. Não sei nada disso. Mas tenho a certeza de uma coisa: não vamos adormecer chateados. Mais por "culpa" dele do que minha. Porque ele cede... mais do que eu. Também, temos de admitir, é ele que se porta mal, em grande parte das vezes. Porque ele sabe como me dar a volta. Porque ele sabe como me pôr a rir, quando eu só quero é estar chateada no meu canto. Mas, atenção, eu também sei fazê-lo com ele! Porque, apesar de um abraço não chegar, ajuda sempre um bocado. Porque o ato de dormirmos juntos, só por si, já nos aproxima. Porque somos apaixonados e tenho a certeza que continuaremos a ser, à nossa maneira, com discussões e amuos à mistura, mas também com gargalhadas e piadas estúpidas que só nós entendemos.

1 comentário:

  1. Na minha opinião acho que devem estabelecerem-se os dois primeiro e depois avançar, de qualquer forma, acho que o tempo dirá o momento certo para o fazerem.

    ResponderEliminar